Incontinência fecal: quais as possíveis causas?

Sumário

Mulheres são mais propensas a desenvolver incontinência fecal, principalmente em razão do trabalho de parto, que pode causar a degeneração parcial do nervo pudendo. 

Neste artigo, você vai entender o que é incontinência fecal, quais as possíveis causas e tratamento. 

 

Incontinência fecal é um problema de saúde que afeta a capacidade do indivíduo de controlar seus movimentos intestinais. Pessoas com incontinência fecal podem experimentar perda de controle sobre seus movimentos intestinais e podem ter dificuldade para segurar ou conter gases ou fezes.

 

Quais são os sintomas da incontinência fecal?

 

A incontinência fecal é um problema que pode afetar pessoas de todas as idades e pode ser causado por diversos fatores. Os sintomas da incontinência fecal podem incluir a perda involuntária de fezes ou gases, ou a necessidade urgente de defecar. Além disso, pode afetar a qualidade de vida e causar problemas psicológicos, como ansiedade e depressão.

 

Leia também:

 

Por que depressão pode causar obesidade?

 

Causas

 

Incontinência fecal pode ser causada por diversos fatores, como problemas no trato gastrointestinal, doenças neurológicas, esclerose múltipla e outras condições médicas. Além disso, ela também pode ser causada pelo uso de certos medicamentos, como antidepressivos, antipsicóticos e anticonvulsivantes.

 

Pode ser causado por:

 

  • Constipação;
  • Diarreia;
  • Paredes retais cicatrizadas ou endurecidas;
  • Perda da elasticidade dos músculos do reto, causados por doença de Crohn;
  • Enfraquecimento dos músculos do reto ou do ânus, causados pelo envelhecimento natural do corpo ou por diarréia ou prisão de ventre crônica;
  • Complicações cirúrgicas;
  • Parto vaginal;
  • Retardo mental;
  • Uso de medicamentos, como metformina, acarbose, antidepressivos ou laxante

 

Predominância nas mulheres 

 

A predominância da incontinência fecal entre as mulheres, está relacionada principalmente ao trabalho de parto que determina o estiramento e a degeneração parcial do nervo pudendo. Outra causa importante é a prisão de ventre, também mais comum no sexo feminino.

 

Acima dos 70 anos, a incontinência fecal se manifesta igualmente nos dois sexos.

 

Como confirmar o diagnóstico

 

O diagnóstico da incontinência fecal é feito pelo proctologista através da avaliação dos sintomas (início e duração), histórico de saúde, de cirurgias anteriores e do uso de medicamentos, além do exame físico do ânus e do toque retal.

 

Além disso, o médico pode solicitar exames como ultrassom retal, proctografia, ressonância magnética ou colonoscopia, por exemplo.

 

Tratamento

 

O tratamento da incontinência fecal pode variar, dependendo da causa subjacente. Se causada por um problema físico, o tratamento pode incluir exercícios ou cirurgia e em alguns casos pode ser necessário incluir acompanhamento psicológico.

 

Por isso, aos primeiros sinais e sintomas é importante procurar ajuda médica para tratar a incontinência fecal.

 

Como prevenir a incontinência fecal?

 

Alguns hábitos e rotinas que você tem durante a sua vida, podem contribuir na prevenção do desenvolvimento da incontinência fecal. 

 

Aqui estão 10 maneiras de prevenir a incontinência fecal:

 

  1. Beber bastante água durante o dia para manter o corpo hidratado.
  2. Evitar beber café, chá ou outras bebidas com cafeína, que podem irritar o intestino e aumentar a vontade de evacuar.
  3. Comer uma dieta rica em fibras, que ajuda a manter o trato intestinal regular.
  4. Evitar alimentos que podem irritar o intestino, como alimentos gordurosos, picantes ou ácidos.
  5. Fazer exercícios regularmente para manter os músculos do assoalho pélvico fortes.
  6. Evitar o tabagismo, que pode aumentar o risco de incontinência.
  7. Manter o peso sob controle, pois o excesso de peso pode aumentar a pressão sobre o assoalho pélvico.
  8. Evitar o uso excessivo de laxantes, que podem enfraquecer o músculo do intestino.
  9. Fazer xixi e evacuar regularmente para evitar a constipação.
  10. Consultar um médico se os sintomas da incontinência estão afetando a qualidade de vida.

 

Agora que você já entendeu as possíveis causas e como prevenir a incontinência fecal, compartilhe esse conteúdo com o maior número de pessoas para que elas também se beneficiem com essas informações.

COMPARTILHE

Se inscreva em nossa newslatter e receba as melhores novidades

SEMELHANTES

Temos algo parecido com isso bem aqui:

Câncer Colorretal: Estimativas do INCA prevê mais de 45.000 novos casos no Brasil para o triênio 2023-2025

Câncer Colorretal: Estimativas do INCA prevê mais de…

Projeção do Instituto Nacional do Câncer apresenta crescimento de 10% nos…

Bactéria causadora de gastrite e úlceras é encontrada em água e alimentos contaminados

Bactéria causadora de gastrite e úlceras é encontrada…

A bactéria Helicobacter Pylori pode provocar sérios problemas gastrointestinais, como úlceras…

Refluxo: Por que evitar alguns alimentos?

Refluxo: Por que evitar alguns alimentos?

Um em cada quatro indivíduos sofre com o problema, caracterizado por…

Abrir chat
1
Agende uma consulta AGORA!
Olá,
Podemos te ajudar?